Tanto VoD quanto streaming são termos que podem ser vistos com certa regularidade na internet. Enquanto o VoD é um pouco menos comum, “streaming” é uma palavra que está no cotidiano de todos que acessam a internet diariamente — e é difícil que alguém não saiba o que ela significa.

Mas, e quanto ao VoD? Você sabe o que essa sigla quer dizer? E, indo mais além, sabe qual é a diferença dele para o streaming? Na sequência deste texto, você poderá ver tudo isso. Abaixo, nós explicamos o que é VoD, relembramos com mais detalhes o conceito de streaming e, por fim, mostramos as diferenças entre os dois.

Acompanhe e saiba mais!

 

O que é VoD?

VoD é uma sigla para Video on Demand. Em tradução literal, vídeo sob demanda. Ele é, basicamente, a forma mais comum de se consumir conteúdo em vídeo atualmente — estando presente na vida de todas as pessoas que usam YouTube, Netflix e outros serviços similares.

A melhor forma de entender o que é VoD é pensar na forma que o conteúdo é consumido. O que se quer, no momento que convém e do dispositivo de preferência. E foi justamente por isso que ele cresceu tanto e se tornou o padrão de uma infinidade de empresas. Ele se destaca por “consertar” o que a TV tinha de pior: a falta da opção de escolha por parte do espectador.

O que é streaming?

Streaming, por sua vez — e como você já deve saber —, é uma forma de transmissão de conteúdo. “Stream” significa corrente, e é exatamente assim que o streaming funciona. Como uma corrente de dados, ele leva o conteúdo dos servidores da empresa até o dispositivo do cliente, sem a necessidade de que se faça nenhum tipo de download do conteúdo.

Sempre que você estiver consumindo um conteúdo, seja em áudio ou em vídeo, que não exija que ele seja baixado, você está usando streaming.

O streaming existe em duas categorias: live streaming e on demand. Ter a consciência de que esses dois existem e saber o que são é essencial para entender a diferença entre VoD e streaming, como explicamos na sequência.

Qual é a diferença entre os dois?

De uma forma bem simples, podemos dizer que todo conteúdo de Video on Demand é transmitido por meio de streaming. No entanto, nem todo conteúdo transmitido por meio de streaming é Video on Demand. Isso por causa daquele conceito que citamos no parágrafo anterior: o live streaming.

Quando você vai assistir a um jogo de futebol ao vivo pela internet, por exemplo, o tipo de conteúdo consumido é um live streaming. Ele é transmitido ao mesmo tempo em que está acontecendo e, portanto, não é um conteúdo sob demanda; não é um VoD.

Por outro lado, quando você abre o catálogo da Netflix, olha todas as opções de filmes e séries que ela disponibiliza e escolhe um específico para assistir, o tipo de conteúdo consumido é streaming on demand: é um VoD.

E aí, entendeu a diferença entre VoD e streaming? Nós estamos sempre produzindo textos como este aqui no blog da Olé. Caso tenha gostado de saber mais sobre o assunto e queira conferir ainda mais, acompanhe-nos no Instagram e não perca mais nada!